Perfil das Revistas Científicas Eletrónicas de Angola

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54580/R0502.05

Palavras-chave:

Comunicação científica, revista científica, revista electrónica, artigo científico

Resumo

As revistas científicas jogam um papel importante como canal de comunicação dos resultados de pesquisa científica, em todo mundo. Nos últimos anos, aumentou o número de revistas científicas eletrónicas em Angola, apesar da sua pouca visibilidade, no plano internacional. O objectivo deste artigo é descrever o perfil das revistas científicas eletrónicas de Angola. Trata-se de uma pesquisa exploratória e documental, em que foram observadas um total de 14 páginas web de revistas científicas, por meio de um formulário, contendo uma lista de controlo com os seguintes itens: ano de criação, instituição responsável, área do conhecimento, periodicidade das publicações, última publicação, indexação em bases de dados, uso do ORCiD pelos autores e informação sobre data de submissão, aceite e publicação dos originais. Os resultados indicam que mais de metade das revistas científicas são de carácter multidisciplinar e foram criadas no período entre 2012 e 2019; estão vinculadas a Instituições de Ensino Superior e estão indexadas em pelo uma base de dados, sendo de publicações semestrais. No entanto, o estudo também mostra que a maioria não publica, há pelo menos um ano. Conclui-se que o perfil das revistas científicas electrónicas de Angola é reflexo do contexto académico e científico do país, havendo neste domínio muitos desafios a superar.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

Acquolini, N. T. (2015). Um breve panorama da evolução histórica das revistas científicas. ScientiaTec: Revista de Educação, Ciência e Tecnologia do IFRS-Campus Porto Alegre, 2 (3), 62-70. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/ScientiaTec/article/view/1438/1209. Acesso em 16 de Outubro de 2023.

Albagli, S. (2015). Ciência Aberta em questão. Em S. albagli, M. L. Maciel, & A. H. Abdo, Ciência Aberta, questões abertas (pp. 9-26). Brasília/Rio de Janeiro: IBCIT/UNIRIO. Disponível em: https://livroaberto.ibict.br/bitstream/1/1060/1/Ciencia%20aberta_questoes%20abertas_PORTUGUES_DIGITAL%20(5).pdf. Acesso em 16 de Outubro de 2023.

Anna, J. S., Costa, M. E., Cendón, B. V. (2017). Historicidade dos periódicos científicos: do Journal Sçavans aos periódicos eletrônicos . VIII Encontro Ibérico EDICIC. (pp. 103-110). Coimbra: Universidade de Coimbra. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=6598975

Appel, A. L., Albagli, S. (2019). Acesso aberto em questão: novas agendas e desafios. Informação & Sociedade: Estudos, 29(4), (187-208), Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/147969.

Araújo, P. C., Lopes, M. P. (2021). Compreensão do editor científico sobre Ciência Aberta: Estudo do programa editorial do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Encontros Bibli: Revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, 26, (pp. 1-22). https://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e78660

Araujo, R. F., Pedri, P. (2019). Perfil dos periódicos científicos produzidos pelas instituições de ensino superior de Alagoas. Ciência Da Informação Em Revista, 6 (Esp), 71–80. https://doi.org/10.21452/23580763.2019.6ne.71-80

Artigas, W., Gungula, E.W. (2020). Gestão de revistas através do OJS: experiência de sucesso angolana. Ciências da Informação Eletrônica, 10 (1), (pp. 2-18). http://dx.doi.org/10.15517/eci.v10i1.39771.

Bandeira, V. (2023). Estágio supervisionado em serviço social: experiências de um estagiário no Pavilhão de Formação de Artes e Ofícios do Benfica em Luanda-Angola. Londres: Novas Edições Acadêmicas.

Barros, A. S. S., Gueudeville, R. S., Vieira, S. C. (2011). Perfil da publicação científica brasileira sobre a temática da classe hospitalar. Revista Brasileira de Educação Especial, 17 (2), (pp.335-354). https://doi.org/10.1590/S1413-65382011000200011.

Caballero-rivero, A., Sánchez-Tarragó, N., Santos, R. N. (2019). Práticas de Ciência Aberta da comunidade acadêmica rasileira: um estudo a partir da produção científica. TransInformação (31), 1-14. doi: https://doi.org/10.1590/2318-0889201931e190029

Carvalho, P. (2012). Evolução e crescimento do ensino superior em Angola. Revista Angolana de Sociologia. (9), 51-58. doi: https://doi.org/10.4000/ras.422 Disponível em: http://journals.openedition.org/ras/422

Claudio-González, M.G., Villarroya, A. (2015). Desafíos de la edición de revistas científicas en acceso abierto. El Profesional de la Información, 24(5), 517-525. Doi: http://dx.doi.org/10.3145/epi.2015.sep.02

DRCA – Diretório de Revistas Científicas Angolanas. (2023). Disponível em: https://rcangolanas.com/

EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. (1985). Perfil as revistas brasileiras de ciência e tecnologia. (pp. 2-24). Brasília: Departamento de Difusão de Tecnologia (DDT) e Comunicação Técnico Científica (COTEC). Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/99548/1/Perfil-das-revistas-brasileiras.pdf. Acesso em 09 de Outubro de 2023.

Gil, A. C. (2021). Como elaborar projetos de pesquisa. (6ª ed.). São Paulo: Atlas.

Gungula, E. W., Artigas, W., Faustino, A. (2020). La difusión de la ciencia en Angola a través de revistas científicas: una alternativa de mejoramiento del proceso investigativo. Revista General de Informacion y Documentacion 30(2), (pp. 357-377). doi: https://doi.org/10.5209/rgid.72812

Mueller, S. P. (2000). A ciência, o sistema de comunicação científica e a literatura científica. Em B. S. Campello, B. V., Cendón, J. M. Kremer, Fontes de informação para pesquisadores e profissionais (pp. 73-96). Belo Horizonte: Ed. UFMG.

Stumpf, I. R. (1996). Passado e futuro das revistas científicas. Ciência da Informação, 25(3). doi: https://doi.org/10.18225/ci.inf.v25i3.637

Weitzel, S. (2022). As publicações científicas como fonte de renda económica de editores comerciais: o acesso aberto solapado. Em E. Príncipe, S. Rode, Comunicação científica aberta (pp. 173-188). Rio de Janeiro: IBICT.

Downloads

Publicado

2024-04-27

Como Citar

Perfil das Revistas Científicas Eletrónicas de Angola. (2024). Revista Angolana De Ciências , 5(2), e050205. https://doi.org/10.54580/R0502.05

Artigos Similares

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.