Formação Técnica dos Avaliadores no Contexto da Auto-Avaliação de Cursos na Universidade de Belas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54580/R0502.04

Palavras-chave:

Auto-avaliação institucional, INAAREES, Comissão de Auto-avaliação, formação técnica

Resumo

O estudo aborda a auto-avaliação de cursos e programas nas IES, tida nos tempos que correm como sendo um dos principais desafios do subsistema do ensino superior e do executivo. Acredita-se que a criação de uma cultura de avaliação no sector poderá repercutir-se positivamente na qualidade do ensino, no aumento das práticas de investigação científica e de extensão. O objectivo do estudo é verificar as qualificações técnicas dos membros da comissão auto-avaliação (CAA) e aferir até que ponto podem reflectir-se nos resultados do processo da auto-avaliação dos cursos e programas; apoiou-se teoricamente na legislação que regula o ensino superior. Trata-se de uma abordagem qualitativa, tendo-se utilizada entrevista semiestruturada. Entre os resultados destacam-se a não adequação dos normativos e processos internos da IES ao Decreto Presidencial 310/20 e a legislação que regula avaliação no ensino superior; quanto mais tempo permanecer na comissão, melhor é a prestação e o contributo do avaliador no processo; de modo geral os avaliadores não são formados em áreas ligadas à avaliação e nem sequer tiveram formação relacionada; os avaliadores têm pouco domínio da legislação que regula o processo de avaliação. Por outro lado, evidencia-se a necessidade de realização de um plano de capacitação que contempla as dimensões da pesquisa que envolvam os membros da CAA, Gestores e o Pessoal Técnico Administrativos (PTA) no processo da auto-avaliação da UNIBELAS, bem como a necessidade da cabimentação de verbas do orçamento para atender ao processo.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

Angola. Decreto Executivo nº 108/20, de 9 de Março de 2020. Regulamento da Auto-Avaliação das Instituições de Ensino Superior. Diário da República, Luanda, n. 26, pp. 2048-2052, 09 Mar. 2020.

Angola. Decreto Executivo nº 109/20, de 19 de Março de 2020. Regulamento da Avaliação Externa e Acreditação de Ensino Superior e dos respectivos cursos. Diário da República, Luanda, n. 27, pp. 2053-2062, 19 Mar. 2020.

Angola. Decreto Presidencial n° 121/20 de 27 de Abril que aprova o Regulamento de Avaliação do Desempenho do Docente do Subsistema do Ensino Superior. Diário da República, Luanda, I série; n° 57. 27. Abr/2020.

Angola. Decreto Presidencial n° 191/18, de 8 de Agosto de 2018. Estatuto da Carreira Docente do Ensino Superior. Diário da República, Luanda, n. 118, pp. 4112-4125, 08 Ago. 2018.

Angola. Decreto Presidencial nº 193/18, de 10 de Agosto de 2018. Normas Curriculares Gerais do Subsistema de Ensino Superior. Diário da República, Luanda, I Série, n. 119, p. 4135, 10 Ago. 2018.

Angola. Decreto Presidencial nº 203/18, de 30 de Agosto de 2018. Regime Jurídico da avaliação e Acreditação da Qualidade das Instituições de Ensino Superior. Diário da República, Luanda, n. 133, pp. 4348-4356, 30 Ago. 2018.

Angola. Decreto Presidencial nº 310/20, de 7 de Dezembro de 2020. Regime Jurídico do Subsistema do Ensino Superior. Diário da República, Luanda, n. 196, pp. 6257-6288, 07 Dez. 2020.

Angola. Lei nº 17/16, de 7 de Outubro de 2016. Lei de bases do sistema de educação e Ensino

Carvalho, Paulo de. (2012). Evolução do ensino superior em Angola. Revista Angolana de Sociologia, nº, pp.51-58. https://doi.org/10.4000/ras.422

Liberato, Ermelinda. (2019). Reformar a reforma: percurso do ensino superior em Angola. Revista Transversos, dossiê reflexões sobre e de Angola - inscrevendo saberes e pensamentos". Nº 15, pp-63-84. Disponível em: file:///C:/Users/HP/Downloads/scarvalhofilho,+dossie+-+texto+4.pdf

Lourenço, João. (2017). Discurso de investidura como Presidente da república de Angola. Disponível em https://www.angola24horas.com/politica/item/8425-integra-do-discurso-do-presidente-da-republicahttps://www.angola24horas.com/politica/item/8425-integra-do-discurso-do-presidente-da-republica. Acesso em 9/10/2023.

Manuel, Tuca & Mendes, Maria da Conceição Barbosa. (2021). Garantia da qualidade do ensino superior em Angola: Do instrumentalismo ao socioconstrutivismo. Revista Educação, Sociedade e Cultura, nº 58, pp.51-70. https://doi.org/10.24840/esc.vi58.151

ONU e Angola, Governo de. (2022). Relatório da consulta nacional: Cimeira sobre a transformação da educação. Luanda: UNESCO.

Silva, Sónia Burity da & ALVES, José Matias. (2019). Políticas educativas no ensino superior de Angola e dinâmicas de autorregulação institucional: um estudo de caso. Pp. 295-301. Disponível em: https://repositorio.ucp.pt/handle/10400.14/31396.

Zau, Filipe. (2002). Trilhos para o Desenvolvimento. Lisboa: Universidade Aberta.

Downloads

Publicado

2024-04-27

Como Citar

Formação Técnica dos Avaliadores no Contexto da Auto-Avaliação de Cursos na Universidade de Belas. (2024). Revista Angolana De Ciências , 5(2), e050204. https://doi.org/10.54580/R0502.04

Artigos Similares

1-10 de 13

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.