Publicação em fluxo contínuo: nova modalidade adoptada pela RAC: revista angolana de ciências

Resumo

A partir de Janeiro de 2022 a RAC: revista angolana de ciências adoptará a modalidade de publicação em fluxo contínuo. Esta medida surge, por um lado, em função do aumento significativo de artigos submetidos à esta revista, e por outro, pela necessidade de agilizar a publicação dos artigos aprovados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia Autor

João Baptista Machado Sousa, Associação Multidisciplinar de Investigação Científica

Doutor em Ciências Pedagógicas. Professor Auxiliar e investigador do Instituto Superior de Ciências de Educação do Huambo, nos cursos de licenciatura e mestrado. Membro Fundador e Presidente da Associação Multidisciplinar de Investigação Científica em Angola, http://www.scientia.co.ao/wp/membros/. Membro do grupo de investigação científica, CAFTe (Currículo, Avaliação, Formação e Tecnologias Educativas), do Centro de Investigação e Intervenção Educativas (CIIE), da Universidade do Porto, Portugal, https://www.fpce.up.pt/cafte/equipa.html. Fundador e Director da RAC: revista angolana de ciências, http://publicacoes.scientia.co.ao/ojs2/index.php/rac. Participou em eventos científicos em Angola e no exterior, publicou artigos científicos em revistas arbitradas e indexadas de países como: Venezuela, Equador, Cuba e Angola. Autor dos livros: Fundamentos y principios para la superación en ambientes virtuales. ISBN. 978-3-659-09494-1; Computadores no ensino 1ra edição. ISBN. 978-3-8417-2473-1; Informática educativa. ISBN. 978-3-330-76506-1. Autor de três capítulos de livros editados e publicados em Portugal e Venezuela.

Referências

see file
Publicado
2021-12-11
Como Citar
Sousa, J. B. M. (2021). Publicação em fluxo contínuo: nova modalidade adoptada pela RAC: revista angolana de ciências . RAC: Revista Angolana De Ciências, 3(2), 274-276. https://doi.org/10.54580/R0302.01
Secção
Editorial