Dinâmica Florestal nas Comunas do Cuima (Caála) e Chipeio (Ecunha), Huambo-Angola entre 2009-2019

Palavras-chave: Floresta, Miombo, Global Forest Watch, Landsat

Resumo

Actualmente nota-se em Angola que tem havido uma redução e degradação florestal considerável quer no Miombo como noutras formações florestais nativas do País. O registo de elevados índices de desflorestação levaram os autores avaliar de forma comparativa as alterações do coberto florestal nas comunas do Cuima (município da Caála) e a do Chipeio (município da Ecunha), ambos pertencentes à província do Huambo, entre 2009 e 2019, com base em dados de detecção remota da Global Forest Watch. As duas zonas de estudo enquadram-se na região agrícola 24 do País, foram submetidas a análise da dinâmica da vegetação na plataforma Global Forest Watch. Nesta etapa foram analisadas as seguintes variáveis: área florestal anual, perda de área florestal anual e ganho de área florestal anual de cada comuna. Foram obtidos ainda dados geoespaciais a partir dos servidores Maplibrary, Earth Explorer e Copernicus Open Access Hub. Os resultados apontam para uma redução de 12,7% da área florestal da comuna do Cuima e 6,6% do Chipeio, entre 2009 e 2019. Houve ainda evidência de baixa taxa de ganho de área florestal e alta taxa de perda de cobertura florestal; por esta razão, se não haver intervenções, espera-se observar uma redução no período 2009 e 2030 de 60,5% para 39,2% na comuna do Cuima e de 88,1 para 74% no Chipeio. A adopção e o fomento de fontes alternativas de rendimento das famílias são apontadas como o meio de sustentabilizar os recursos florestais estudados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Botezelli, L.; Macedo, R. L. G; Yoshitani Junior, M.; Gomes, J. E. (2005). Relações entre estudos da dinâmica florestal, conservação da biodiversidade e ecoturismo. Revista científica eletrônica de engenharia florestal. III (06).

Castro, J. P. (2004). Aplicação da Detecção Remota em inventário florestal. Aplicação da detecção remota em inventário florestal. (Tese doutoramento, Instituto Politécnico de Bragança)

Dala, A. F., Quissindo, I. A. B., & Bornot, Y. O. (2018). Evaluación de tasas de desforestación en el municipio de Buco Zau (Cabinda) entre 2000-2017 usando datos del sensor Landsat. Revista digital de Medio Ambiente “Ojeando la agenda” 55, 23-40.

Diniz, A. C.. (2006). Características mesológicas de Angola. 2 Ed. IPAD, Lisboa.

Drusch, M., Moreno, J., Del Bello, U., Franco, R., Goulas, Y., Huth, A., ... & Verhoef, W. (2016). The fluorescence explorer mission concept—ESA’s earth explorer 8. IEEE Transactions on Geoscience and Remote Sensing, 55(3), 1273-1284.

Ferreira, M. P. (2019). Contribuição da deteção remota para o estudo da biomassa de pinhais na Herdade da Apostiça (Sesimbra) (Doctoral dissertation).

Global forest watch – GFW. (2002). Forest Monitoring Designed for Action. World Resources Institute, Washington, DC Available from http://www. globalforestwatch. org. Accessed September, 1-5.

Hansen, M. C., Krylov, A., Tyukavina, A., Potapov, P. V., Turubanova, S., Zutta, B., ... & Moore, R. (2016). Humid tropical forest disturbance alerts using Landsat data. Environmental Research Letters, 11(3), 034008.

Ndjamba, A. K. I; Navarro-Cerrillo, R. M.; Sardinha, R. de A.; Torres Cárdenas, V. (2019). Evaluación de la biomasa aérea de especies del bosque de miombo de Ekunha - Angola. Revista digital de Medio Ambiente “Ojeando la agenda” 60. 1-19

Palacios, G.; Lara-Gomez, M.; Márquez, A.; Vaca, J.L.; Ariza, D.; Lacerda, V.; Navarro-Cerrillo; R. M. (2015). Spacial Dynamic and Quantification of Deforestation and Degradation in Miombo Forest of Huambo Province (Angola) during the period 2002 – 2015. SASSCAL Project Proceedings. Huambo, Angola.

Quartin, V. L.; Quissindo, I. A. B.; Elizalde, D. (2017). Thirteen years of deforestation in Huambo. SASSCAL Newsletter, 2(2) 1-2.

Quissindo, I. A. B.; Kussumua, S. F. (2020). Estudo da dinâmica florestal do Miombo Angolano mediante geotecnologias. Beau: Novas Edições Académicas

USAID. (2008). Biodiversity and tropical forest assessment for Angola. United States Agency for International Development.

Tona, C., & Bua, R. (2018). Open Source Data Hub System: free and open framework to enable cooperation to disseminate Earth Observation data and geo-spatial information. In Geophysical Research Abstracts (Vol. 20).

Torlay, R., & Oshiro, O. T. (2010). Obtenção de Imagem do Google Earth para classificação de uso e ocupação do solo. In Embrapa Territorial-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: Congresso De Interinstitucional De Iniciação Científica, 4., 2010. Campinas. Anais. Campinas: IAC, 2010.

Publicado
2021-05-28
Como Citar
Ndjamba, A. K. I., & Quissindo, I. A. B. (2021). Dinâmica Florestal nas Comunas do Cuima (Caála) e Chipeio (Ecunha), Huambo-Angola entre 2009-2019. RAC: Revista Angolana De Ciências, 3(1), 157-169. Obtido de http://publicacoes.scientia.co.ao/ojs2/index.php/rac/article/view/162
Secção
Artigos