Preparação metodológica dos professores para o trabalho de orientação profissional dos estudantes do curso de matemática do ISCED-Huambo

Palavras-chave: orientação profissional, preparação metodológica, ISCED-Huambo

Resumo

O presente artigo é parte da dissertação de mestrado, e teve como objectivo diagnosticar as insuficiências os professores do ISCED do Huambo apresentam para a realização do trabalho de orientação profissional desde o processo de ensino – aprendizagem e, a partir deste diagnóstico, elaborar acções metodológicas que contribuam para a preparação metodológica dos professores, para o trabalho de orientação profissional dos estudantes do primeiro ano do curso de Matemática do ISCED – Huambo. Na elaboração deste trabalho foram empregues métodos de investigação de nível teórico como: Histórico-lógico, análise-síntese, enfoque de sistema, indução-dedução; de nível empírico como: observação, análise documental, entrevista, questionário e por último o método estatístico-matemático. Os resultados do diagnóstico demonstram claramente as insuficiências que maior parte dos professores apresenta para realizar o trabalho de orientação profissional desde o processo de ensino - aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Alves, M. (2012). Metodologia Científica. Lisboa: Escolar Editora.

Bello, J. (2005). Metodologia Científica: Manual para elaboração de textos

Cueli, J. (1973). Vocación y afectos. México: Editorial Limusa. Walley. S.A.

Chipindo, P. C. M. (2020). A preparação dos professores para o trabalho metodológico de orientação profissional dos alunos do Instituto Técnico Agrário do Huambo. RAC: Revista Angolana De Ciências, 2(1), 06-31.

Eco, U. (2007). Como se faz uma Tese em Ciências Humanas. 13 ed. Lisboa: Editora Presença.

Educação, M. (2016). Lei de Base do Sistema de Educação de Angola 17/2016. República de Angola: Luanda.

Finerman, G. (1968). Psicotecnia y orientación profesional. Buenos Aires: Editorial El Ateneo.

González, V. (2003). La orientación profesional desde la Perspectiva Historico-Cultural del Desarrollo Humano . Habana: Revista Cubana de Psicologia.

Kapitiya, F. (2014). A,B,C. de Metodologia de Investigação Científica. Lobito: Secretariado Diocesano de Pastoral.

Parsons, F. & Fingermann (1968). Choosing a vocation. Boston, MA: Houghton Mifflin.

Ramos, S., & Naranjo, E. (2014). Metodologia de Invetigação Cientifica. Angola: Escolar Editora.

Savilombo, A. (2018). Potencialidades que a aula oferece para a orientação profissional. Instituto Superior de Ciências da Educação do Huambo: Revista Órbita Pedagógica. 52409-0131.

Sierra, V., & Zayas, C. (1998). Metodologia de la investigação Científica. Centro de Estudios de Educacion Superior "Manuel F. Gran". Universidade do Oriente. Cuba: Santiago de Cuba.

Soares, D. (1993). Pensando e Vivendo a Orientação Profissional. São Paulo: Summs Editorial.

Super, D. E. (1968). The psychology of careers: An introdution to vocational development. New York.

Super, D., Ginzberg, C., & Hará, A. (1978). Vocatinal development in adolescence and early adulthood: Tasks and behaviors .
Publicado
2021-05-28
Como Citar
Cahete, O. C. (2021). Preparação metodológica dos professores para o trabalho de orientação profissional dos estudantes do curso de matemática do ISCED-Huambo. RAC: Revista Angolana De Ciências, 3(1), 29-54. https://doi.org/10.54580/R0301.03
Secção
Artigos