As relações entre líder e liderados e seu impacto na manutenção e incremento da motivação organizacional. Um diagnóstico na Faculdade de Economia da Universidade José Eduardo dos Santos - Angola

Palavras-chave: Liderança, Motivação, Desempenho

Resumo

Esta pesquisa objectiva avaliar o impacto das relações entre líderes e liderados na manutenção e incremento da motivação organizacional. Metodologicamente foi usada a pesquisa exploratória e descritiva. A recolha de dados foi realizada por meio de um questionário aplicado a 60 funcionários da Faculdade de Economia, unidade orgânica da Universidade José Eduardo dos Santos. A técnica de amostragem utilizada nesta pesquisa foi de natureza não probabilística, por conveniência. A consistência interna dos instrumentos de recolha de dados foi testada usando o coeficiente Alpha de Cronbach. Os resultados mostram que existe bom relacionamento entre os líderes e seus liderados, mas também, registamos uma percentagem significativa de insatisfeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Almeida, V. (2000). A comunicação interna na empresa. Lisboa: Práxis

Barreto, M. B. B. & Perreira, S. L. (2007). A comunicação do líder como factor motivacioanal. FIA. Brasília.

Bianchi, E., QUISHIDA, A., FORONI, P. (2016).Atuação do Líder na Gestão Estratégica de Pessoas: Reflexões, Lacunas e Oportunidades. RAC. 21 (1), 41-61. http://dx.doi.org/10.1590/1982-7849rac2017150280.

Borlot, M. N., & Marques, R. (2012). O papel da Liderança na motivaçao de Equipe. Destão Contemporânia. 2(2), 69-92.

Bragança, M. C. (2010). Os Segredos da Liderança: Na família, no Trabalho e nos negócios. Angola: Edições de Angola, Lda.

Carvalho, M. S., Palmeira, E. M., & Mariano, M. G. (2012). Liderança baseada na motivação e desenvolvimento de pessoal como estratégia de competitividade das organizações. Disponível em: http://www.eumed.net/cursecon/ecolat/br/12/cpm.html.

Cervo, A. L., Bervian, P. A., & da Silva, R. (2011). Metodologia Cietífica. São Paulo, São Paulo, Brasil: Editora Afiliada.

Costa, R. A., & Costa, N. D. (Ago- Dez. de 2015). Habilidades e competências do líder na gestão contemporânea.Revista de Administração Geral.1(2), 84-100.

Cunha, M. P., Rego, A., Cunha, R. C., Cardoso, C. C., Marques, C. A., & Gomes, J. F. (2012). Manual de Gestão de Pessoas e do Capital Humano. Lisboa: Edições Sílabo Lda.

Da Cruz, C. A., & da Silveira, B. R. (2014). Liderança: a influência do líder na gestão de suas equipes. Disponível em: http: //wwwfjav.com.br/revista/downloads/edicaoanoVIIVol7n4/artigo238_248.pdf

Dos Reis, F. L.; Silva, M. J. R. (2014). Princípios de Gestão. Lisboa: Edições Sílabo, Lda.

Fidelis, J. R., & Pizzighini, M. B. (2014). Liderança e motivação em busca de melhores resultados organizacionais . Unisalesiano Lins -SP2014 (Monografia, Unisalesiano).

Goes, G. A., & Filho, J. J. (2013). A liderança para gestão de pessoas: o líder que as empresas procuram. Disponível em: https://docplayer.com.br/10671205-a-lirderanca-paragestao-de-pessoas-o-lider-que-as-pessoas-procuram-resumo-palavras-chaves-gestao-de-pessoas-lideranca-perfil-profissional.html

Kotter, J. (2007).Leading change. Disponível em: www.hbrreprints.org.

Maximiano, A. (2000). Introdução à Administração. S. Paulo. editoras atlas S.A.

Maxwell, J. (2009). O Livro de Ouro da Liderança. Rio de Janeiro. Edições Thomas Nelson Brasil.

Nascimento, A. de O., Sousa, L. G., Sousa, L. G., & Cruz, L. (2016). O papel estratégico da comunicação nas organizações. https//www.rhportal.com.br/artigos-rh/o-papel-estrategico-da-comunicacao-nas-organizacoes.

Neto., P. L. (1997). Estatistica. São Paulo: Edgar Brucher

Oliveira, K. D., Almeida, K. L., & Barbosa, T. L. (2012). Amostragens probabilistica e não probabilistica: técnicas e aplicações na determinação de amostras. (Dissertação Universidade Federal do Espírito Santo).

Saltoleto, S. R. dos S. & De Carvalho, E. A (2018). Avaliação de desempenho: Questões conteporâneas. Revista Uningá Review, Maringá. 33(1), 40-41.

Silva V., Uller, C., Santos, J., Rezende, F., (2017). Análise da Motivação das pessoas: Um Estudo Baseado em princípios da hierarquia de necessidades de Maslow. FOCO. 10, (2), 148-166.

Tamo, K. (2012). Introdução a gestão das organizações . Luanda: Edições capatê.

Teixeira, S. (2013). Gestão das Organizações. Brasil: Escolar Editor.

Vieira, A. A. (2011). O Impacto do Desenvolvimento de Liderança no Clima Organizacional. (Monografia, Universidade São Paulo).

Vilela, A. V. (2010). A importância da Motivação e sua Influência no Ambiente de Trabalho. (Monografia, UCM).

Vieira, S. ( 2015). Alpha de Cronbach. internatinal journal of Medical Education. Disponível em: http://www.ijme.net/archive/2/cronbachs-alpha.pdf

Massuno, A., & Jacquinet, M. M. (2019). A gestão dos recursos humanos numa das instituições de Ensino Superior angolana. RAC: Revista Angolana De Ciências, 1(1), 70-94

Publicado
2020-11-02
Como Citar
Matateu, L. M., & Kamanga , M. M. (2020). As relações entre líder e liderados e seu impacto na manutenção e incremento da motivação organizacional. Um diagnóstico na Faculdade de Economia da Universidade José Eduardo dos Santos - Angola. RAC: Revista Angolana De Ciências, 2(3), 469-491. Obtido de http://publicacoes.scientia.co.ao/ojs2/index.php/rac/article/view/117
Secção
Artigos