Acesso ou Registar-se para submeter um artigo.

Condições para Submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita e não se encontra sob revisão ou para publicação junto de outra revista. Caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  • Os ficheiros para submissão encontram-se em formato Microsoft Word (desde que não ultrapassem 2MB)
  • Quando disponíveis, foram fornecidos URLs para as referências.
  • O texto está em espaço 1.5; usa uma fonte Century Gothic, 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (excepto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Instruções para Autores, na secção Sobre a Revista.

Instruções para Autores

A extensão da comunicação será de 10 a 25 páginas (incluído as referências), escritas em formato Word, com letra Arial 12, espaçamento simples entre linhas e 6pto entre parágrafos. Títulos em negrito, alinhamento justificado e margens de 2 cm.

Dever-se-á evitar tabelas e gráficos desnecessários, por formas a garantir maior rapidez na descarga da comunicação.

Em caso de necessidade de inserção de quadros, tabelas, gráficos e imagens, estes deverão estar centralizados, enumerados de forma sequencial, utilizando a numeração arábica, incluir o título e a fonte. Os quadros, tabelas e gráficos deverão ser editáveis. O texto dos quadros, tabelas e gráficos deverá ser escrito em fonte Arial, tamanho 10 com espaçamento entre linhas simples. No caso de necessidade de utilização de fórmulas matemáticas, estas deverão ser escritas utilizando o editor de equações do Microsoft Word, centralizadas e enumeradas com algarismos arábicos escritos entre parêntesis.

Instruções para Autores
Citações

Citação directa com menos de 40 palavras: apelido do autor, data de publicação e a página citada entre parêntesis.
“É necessário incrementar a participação destes em eventos científicos internacionais de Países da mesma região de África e da Lusofonia, como o caso de Brasil e Portugal (Sousa e outros, 2018, p.458).
Ou:
Como se referem (Sousa e outros, 2018) “É necessário incrementar a participação destes em eventos científicos internacionais de Países da mesma região de África e da Lusofonia, como o caso de Brasil e Portugal(p.458).

Citação directa com mais de 40 palavras:
A citação directa extensa define a transcrição literal do texto do documento consultado com mais de 40 palavras;
Deve incluir a indicação da página (p.) ou o intervalo das páginas (pp.).
O estudo da dualidade é de grande importância dentro da Programação Linear, porque amplia as possibilidades de resolução de problemas desta área, pois até ao momento sabemos calcular o lucro da produção de um determinado artigo, mas se por determinadas razões decidirmos não fabricar, mas vender os recursos, não saberíamos que preços praticar de modos a obter o mesmo lucro (Hungulo, 2017, p. 36).

Citação indirecta (Quando se menciona a ideia do autor, mas não se cita textualmente), não se coloca a página da referência.
É oportuno considerar que estudantes e professores procuram novos recursos e encontram na tecnologia uma ligação entre a tecnologia e o mundo real (Martins, 2009).
Quando o autor tem mais de uma publicação no mesmo ano. Por exemplo: Estudos mais recentes (Chikela, 2018a; 2018b) ou simplesmente Chikela (2018a, 2018b).

Siga este exemplo para aqueles trabalhos cuja autoria é anónima.
(Anónimo, 2014)

Siga este exemplo para aqueles trabalhos não possuem indicação de autoria (“Título do trabalho”, 2015) ou “Título do trabalho” (2015)
(Título do trabalho, 2015) ou Título do trabalho (2015)

Siga este exemplo para grupos de autores:
(Universidade Católica [UCAN], 2013) ou (UCAN, 2013)
Universidade Católica (2013) ou UCAN (2013)
Caso seja necessário citar uma investigação que encontrou em outro trabalho ou realizar uma citação da citação, pode faze-lo da seguinte maneira:
Martins (2009), citado por Sousa (2016, p.27), descobriu que...
Sousa (2016, p.27) referindo-se a Martins (2009) afirma que...

Organização daS REFERÊNCIAS BibliográfiCAS
A lista de referências deve ser ordenada alfabeticamente pelo apelido do autor.

Livro Físico:
Sobrenome, nome abreviado (ano). Título do livro. Lugar de publicação: Editorial.
Exemplos:
Sousa, J. (2016). Computadores no Ensino. Saarbrucken: Novas Edições Académicas.
Delfino, B., e Fernando, E. (2017). Aritmética e teoría dos números. Saarbrucken: Novas Edições Académicas.
Hernandez Sampieri, R., Fernandez Collazo, C., e Baptista Lúcio, P. (2014). Metodologia de la investigación. Sexta edicion. México: Mc Graw Hill Education.

Livro Electrónico:
Autor, iniciais (ano). Título do livro. [Formato do Livro]. Disponível em: URL ou DOI.
Sousa, J. (2016). Computadores no Ensino. [PDF]. Disponível em:
Ou
Hernandez Sampieri, R., Fernandez Collazo, C., e Baptista Lúcio, P. (2014). Metodologia de la investigación. Disponível em:

Capítulo de um Livro Físico:
Vygotsky, S. (1991). Génesis de las funciones mentales más altas. En P. Light, S. Sheldon, e M. Woodhead (Eds.) Aprendiendo a pensar (pp. 32-41). Londres: Routledge.

Capítulo de um libro electrónico:
Vygotsky, S. (1991). Génesis de las funciones mentales más altas. En P. Light, S. Sheldon, e M. Woodhead (Eds.), Aprendiendo a pensar (pp. 32-41). Disponível em: URL ou doi

Enciclopédias:
Lijphart, A. (1995). Sistemas electorales. En La Enciclopedia de la Democracia (vol. 2, pp. 412- 422). Londres: Routledge.

Publicações oficiais do governo:
Angola. Ministério do Ensino Superior. (2018). Estatuto da carreira docente do Ensino Superior. Luanda: Imprensa Nacional.

Actas de congressos:
Rodrigues, M. (2017). Os desafios da extensão universitária em Angola. Em Ima-Panzo, J. (Ed). I conferência internacional sobre extensão universitária em Angola: Extensão universitária. Algumas considerações. (pp.68-99). Luanda: Mayamba Editora

Actas electrónicas de congressos:
Rico-Bocanegra, M. (2018). El índice acumulativo como herramienta de visibilidad. Em Rus, J., Pinto Durán, Astrid Maribel. (Ed). Revistas científicas mexicanas: Retos de calidad y visibilidad en acceso abierto. (23-34). Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/libro/709996.pdf

Artígos de Revistas Científicas:
Sobrenome, nome (ano). Título. Revista. Volume (Número), Páginas. URL ou DOI
Exemplo:
Sousa, J. B. M. e outros (2018). Índice de Produção Científica dos Docentes do Instituto Superior de Ciências de Educação do Huambo. Revista Telos, 20(3), 450-467. https://doi.org/10.36390/telos203.04 
Manuel, A., Miguel, M., Rodrigues, M. (2018). La autoevaluación institucional para medir el impacto de la formación del profesional egresado del ISCED-Huambo. Revista Órbita Pedagógica, 5(1) 145-157. http://revista.isced-hbo.ed.ao/rop/index.php/ROP/article/view/171

Dissertações de Mestrado, Teses de Doutoramento
Chikela, C. P. (2016). Estudio histórico de la formación de profesores de la enseñanza primaria en Angola en el periodo desde 1962 hasta 2013 (Tese Doutoramento, UCPEJV). Disponível em: http://tesis.reduniv.edu.cu/index.php?page=3&id=2665&db=1
Fontes electrónicas:
Sobrenome, Nome (es) (ano). Título. URL ou DOI.

Marques, P. (2010) ¿Por qué TIC en Educación?. Disponível em: http://www.slideshare.net/peremarques/por-qu-tic-en-educacin.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços fornecidos nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.