Alcance e objectivo
A Revista Angolana de Ciências da Associação Multidisciplinar de Investigação Científica, Angola, é arbitrada e de carácter multidisciplinar; destina-se à divulgação de resultados de investigação científica inéditos (artigos científicos, ensaios, relatos de experiências, notas científicas, notas técnicas e revisões bibliográficas inéditos), abrangendo as áreas de Ciências Sociais, Humanas, Engenharias e outras a fim. O objectivo desta revista é de estimular a reflexão e o debate científico ao nível da província do Huambo, de Angola e no exterior. Revista Angolana de Ciências publica semestralmente, nos meses de Junho (Janeiro-Junho) e Dezembro (Julho-Dezembro), e utiliza provedor de dados OAI-PMH: http://publicacoes.scientia.co.ao/ojs2/index.php/rac/oai 
RAC  publica trabalhos inéditos desde 2019, em Português, Espanhol e Inglês.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Processo de avaliação dos manuscritos
Avaliação preliminar
Todos manuscritos recebidos são submetidos a uma avaliação preliminar dos editores. Esta avaliação preliminar consiste na verificação do cumprimento das líneas e normas editoriais da revista e na pertinência do tema e do resumo. O passo seguinte corresponde a detenção de plágio. Neste processo certifica-se que o trabalho é original e que não foi publicado em nenhuma outra revista, mediante uma pesquisa na internet utilizando o título do trabalho, o nome ou os nomes dos autores e ou uma parte do texto do manuscrito. Caso o manuscrito seja apurado nestas avaliações preliminares, selecciona-se mediante as especialidades, dois árbitros para a arbitragem do trabalho de forma anónima, ou seja, é responsabilidade dos editores, garantir o anonimato dos manuscritos que são avaliados pelos árbitros, por formas que não saibam a quem pertence cada trabalho. Terminado este processo, os editores comunicam formalmente o resultado da arbitragem aos autores e o tempo que dispõem para as rectificações. Em algumas ocasiões em que não se tenha resposta por parte dos autores no tempo estabelecido, o conselho editorial poderá recusar ou não aceitar o trabalho definitivamente.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Revisão por pares (peer review)
Quando o trabalho é aceite na avaliação preliminar passa de imediato para um processo de revisão por pares as cegas, ou seja, a comissão editorial selecciona dois membros da especialidade para avaliarem o trabalho. Esse processo de avaliação é realizado por especialistas da área, podendo ser angolanos ou estrangeiros com reconhecimento e prestígio na área em que actua profissionalmente. Se um dos árbitros avalia positivamente e outro negativamente, consulta-se um terceiro que dará o ditame final.
Os critérios estabelecidos para avaliação dos trabalhos são os seguintes:

  • Aprovado;
  • Aprovado com modificações;
  • Corrigir e reenviar para avaliação;
  • Não aprovado.

Concluído este processo de arbitragem encaminha-se o trabalho para a equipa de correcção para uma última avaliação (se necessário). De seguida, encaminha-se para o editor de secção, que é o responsável por editar e preparar todos os trabalhos para a sua publicação.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Frequência de publicação
A Revista Angolana de Ciências publica semestralmente, nos meses de Junho (Janeiro-Junho) e Dezembro (Julho-Dezembro) de cada ano.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Politica de acesso aberto
A Revista Angolana de Ciências é uma revista de acesso aberto. Todos os trabalhos estão licenciados pela Creative Commons 4.0. Toda comunidade científica e académica tem acesso sem restrições aos conteúdos; os trabalhos podem ser baixados, impressos, lidos, citados, tendo em conta que não se cobra nenhum imposto para publicação.
Link: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Políticas de arquivamento
Esta revista pretende utilizar o sistema LOCKSS para o armazenamento, a conservação e o restauro dos documentos, bem como a distribuição nas diferentes bibliotecas online. A ferramenta CLOCKSS para além de armazenar, distribui informações desta revista a diferentes bibliotecas a traves da sua página CLOCKSS.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Detenção de plágio
Os autores devem cumprir os seguintes requisitos de publicação:

  1. Confirmar que o trabalho que submete para avaliação é original;
  2. Não se encontra publicado em nenhum outro lugar;
  3. Não foi plagiado;
  4. Se os autores utilizaram trabalhos, palavras ou frases de outros investigadores confirmar que foi devidamente citado.

Recomenda-se aos árbitros consultar estes sites, para comprovação da originalidade dos trabalhos:
http://plagiarisma.net/es
https://www.paperrater.com/plagiarism_checker
https://www.plagscan.com/es/
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Código de Ética
A Revista Angolana de Ciências adere as normas éticas e aos princípios de boas práticas do Comité on Publicatión Ethics (COPE). 
https://publicationethics.org/files/COPE_Principles_of_Transparency_Poster.pdf
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Pensamento Crítico e Decolonial
Esta Revista promove o pensamento crítico e decolonial de todas as áreas em que se propõe a publicar. Também incentivamos a investigação entre os alunos da graduação, por forma a participarem na construção da literatura científica, sem importar o ano académico que cursam e sem a tutoria de um investigador com formação académica de graduação ou pós-graduação.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Resolução de conflitos e conflitos de interesse
O conselho editorial da Revista Angolana de Ciências tem estado atento ao conflito de interesse; qualquer situação deste tipo solicita-se que entrem em contacto com o conselho editorial da revista para a pronta regularização de quaisquer dúvidas que possa existir.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Renúncia
O conselho editorial da Revista Angolana de Ciências  não é responsável pelas opiniões expressadas pelos autores e pelo conteúdo nos seus manuscritos publicados na revista. A originalidade, correcções do manuscrito e os erros são de exclusiva responsabilidade dos autores.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Declaração de privacidade
Os nomes e endereços fornecidos nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------